Facebook  
 
A competência é a grande vencedora do Campeonato Nacional das Profissões 
Os vencedores do Campeonato Nacional das Profissões foram anunciados na Cerimónia de Encerramento, realizada na Casa da Música, durante a qual foram atribuídas 147 medalhas de ouro, prata e bronze aos melhores classificados de cada profissão.

Os vencedores do Campeonato Nacional das Profissões foram anunciados, no dia 30 de maio, na Cerimónia de Encerramento, realizada na Casa da Música, durante a qual foram atribuídas 147 medalhas de ouro, prata e bronze aos melhores classificados de cada profissão (listagem em anexo).

Esta classificação resulta da avaliação dos jurados sobre as competências técnicas dos concorrentes, a sua capacidade de planeamento e organização das tarefas, o rigor profissional, a gestão do tempo e o autocontrolo competitivo, efetuada ao longo dos últimos quatro dias.

Na cerimónia, Jorge Gaspar, presidente do Conselho Diretivo do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), destacou a importância da formação profissional como motor da competitividade económica nacional. “Este campeonato comprova que a qualificação jovem obedece hoje a padrões de exigência muito elevados, preparando profissionais com as competências técnicas e comportamentais que o mercado procura”, adiantando ainda que “estes formandos mostraram nos últimos dias que estão prontos para enfrentar os desafios do mundo do trabalho e para dar o seu contributo para o desenvolvimento do país”.

Organizado pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), este campeonato pretende sensibilizar jovens, famílias, profissionais e empregadores para a importância da formação profissional, promover o talento e as competências dos formandos e estimular a sua empregabilidade junto das empresas.

Nesta edição do Campeonato Nacional das Profissões estiveram representadas 46 profissões – 38 em competição e 8 em demonstração –, em domínios tão diferentes como as artes criativas, gestão e tecnologias de informação, produção, engenharia e tecnologia, transporte e logística, serviços sociais, pessoais e turismo.

Entre 25 e 30 de maio, o campeonato ocupou cinco grandes pavilhões no Centro de Emprego e Formação Profissional do Porto, e ainda espaços no centro comercial Dolce Vita Porto e na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto. Além dos 372 concorrentes de todo o país, estiveram envolvidos na competição 269 jurados, 20 team leaders, 32 chefes de oficina e 50 empresas e instituições públicas patrocinadoras.
 
Durante esta exigente prova, o recinto do campeonato foi ainda visitado por cerca de 10 mil pessoas, essencialmente estudantes, formandos, profissionais ligados à formação, à gestão de recursos humanos e à gestão de empresas, que quiseram ver de perto a diversidade e qualidade da formação disponível em Portugal.

Além do reconhecimento e das oportunidades de emprego, vitória no campeonato pode ser o primeiro passo de um percurso internacional para os jovens concorrentes. É deste núcleo que vão sair os representantes de Portugal no 4.º Campeonato Europeu das Profissões - EuroSkills, a realizar na cidade francesa de Lille, de 2 a 4 de outubro 2014, e no 43.º Campeonato Mundial das Profissões - WorldSkills, entre 11 e 16 de agosto de 2015, em São Paulo, no Brasil.

A cerimónia de encerramento do Campeonato Nacional das Profissões I Porto 2014 contou com as presenças do Secretário de Estado do Emprego, Octávio de Oliveira, do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, João Grancho, do Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, João Casanova de Almeida, do presidente do Conselho Diretivo do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), Jorge Gaspar, do vice-presidente do Conselho Diretivo do IEFP e representante de Portugal no WorldSkills International (campeonato do mundo das profissões), Félix Esménio, e do presidente do WorldSkills International, Simon Bartley.

 
Mapa do sitio
Actualizado a 7 Set. 2015